Aureo em reunião com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia e o presidente do meu partido, deputado Paulinho da Força. Nossa posição é clara: Não queremos retirada de direitos dos trabalhadores.