Aureo assina requerimento para criação de CPI da Petrobrás, BNDES e Setor Elétrico

    Um dia depois de tomar posse para mais um mandato como deputado federal, Aureo assinou Requerimento para a criação de três Comissões Parlamentares de Inquérito com o objetivo de investigar as causas da atual desestruturação do setor elétrico, supostas irregularidades envolvendo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico – BNDES, além de uma nova CPI da Petrobrás.

    Com relação ao BNDES, notícias de concessão de empréstimos suspeitos e prejudiciais ao interesse público no período de 2003 à 2015 deverão ser o foco das investigações.

    – O pequeno e médio empresário brasileiro que quer investir em nosso país, que apresenta todas as garantias para conseguir crédito, e trabalha dia e noite para que as contas sejam pagas em dia têm enorme dificuldade de ter acesso à empréstimos com os juros baixos que o BNDES oferece para grandes empresas, cujos riscos são muito maiores. Ora, o BNDES é um banco que foi criado para ajudar principalmente na geração de empregos, não para socorrer grandes conglomerados. E é por isso que essa CPI é importante. Ela vai dar transparência na gestão de milhões de reais – diz Aureo.

    A falta de investimentos, a desestruturação do setor elétrico e as consequências que afetarão tanto o consumidor final, quanto as indústrias, deverão ser também objetos de uma CPI, segundo o deputado federal. – Quanto a Petrobrás, a população espera resultados por parte dessa Casa e é público e notório que somente tivemos conhecimento da ponta do iceberg. Tenho certeza que nosso trabalho ajudará o Poder Judiciário a combater de vez esse mal que se instalou dentro de alguns gabinetes da Estatal – termina ele.