Aureo quer que governo justifique preferência por remédio chinês contra o câncer
    Aureo apresentou projeto para ampliar quem tem direito ao saque do FGTS

    Aureo quer que governo justifique preferência por remédio chinês contra o câncer

    A Comissão de Defesa do Consumidor vai ouvir o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, sobre a decisão de comprar da China o remédio asparaginase, usado no tratamento da leucemia infantil. Segundo o deputado Aureo, desde os anos 70 o Brasil adquire medicamentos fabricados nos Estados Unidos e na Alemanha, que comprovadamente têm nível de eficácia de até 90%; “No entanto, em 2017 o Ministério optou pela versão chinesa do remédio, do laboratório Beijing SL Pharmaceutical – representado pela empresa uruguaia Xetley – e que não teria passado por testes que comprovem sua qualidade e a eficácia, apenas porque o preço era menor”, criticou Áureo.

    Aureo destacou que o governo não fez licitação para a compra da asparaginase, valendo-se da possibilidade de dispensa em casos de emergência ou calamidade. “Esse remédio é usado por cerca de quatro mil crianças no Brasil, que lutam contra uma doença extremamente agressiva. São muitas as dúvidas entre os especialistas em tratamento de câncer infantil sobre a asparaginase chinesa. Daí a necessidade de o próprio ministro Ricardo Barros comparecer à nossa comissão para explicar a decisão do governo”, concluiu Aureo. A data da vinda do ministro será informada tão logo a audiência seja marcada.

     

    Agência Câmara Notícias