Sessão Solene em homenagem aos 67 anos do Estado de Israel

    Sessão Solene em homenagem aos 67 anos do Estado de Israel

    O Plenário da Câmara dos Deputados realizou, na última quarta-feira (20), sessão solene para celebrar os 67 anos da instituição do Estado de Israel, comemorados no último dia 14 de maio. Foi um dia memorável! Como fui um dos autores do Requerimento para realização do evento, além de estar convencido da relevância de honrar esse povo tão sofrido, também fiquei muito feliz com as presenças do embaixador de Israel Dr. Reda Mansour e diversos membros da embaixada, de comunidades israelitas, da sociedade, autoridades evangélicas de diferentes denominações e com o comparecimento de variados políticos que prestigiaram o evento. Quero agradecer e homenagear de forma especial, o apoio do Reverendo Jose Santana, da Assembléia de Deus Central em Gramacho – Igreja Viva 24 Horas, que também fez parte da mesa e trouxe um grande número de membros que se deslocaram de seus Estados para Brasília em caravanas.

    O Rev. José Santana tem um relevante trabalho em solidariedade ao povo de Israel e sua busca pela paz, e é um grande propagador da cultura e importância do Estado de Israel para a história da humanidade e do nosso salvador Jesus Cristo. Foi uma homenagem merecida, a segunda Guerra Mundial deixou um saldo de seis milhões de judeus mortos, além de terem, os sobreviventes, seus bens roubados, e sua cultura aniquilada.

    Com criação do Estado de Israel, cerca de 800 mil judeus que residiam em diferentes países, puderam retornar a sua terra ancestral. O Estado de Israel se consolidou ao longo desses anos como um país democrático, tornando-se uma potência econômica, além de garantir a preservação da cultura, língua e costumes do povo judeu.

    O Brasil através do Embaixador Oswaldo Aranha, teve um papel decisivo na instituição do Estado de Israel, quando presidiu a II Assembléia Geral da ONU em 1947.