Contra o abuso na tarifa de luz
Aureo e o vereador de Niterói, Leandro Portugal, em conversa na Aneel sobre problemas na tarifa de luz

Contra o abuso na tarifa de luz

O Brasileiro paga caro na tarifa de luz em sua casa. Além de ter um serviço ruim, o custo da geração e transmissão de energia no país também incide em impostos e encargos de todos os tipos.

É comum ver reclamações sobre a falta de luz e cobranças abusivas das concessionárias. Para atender uma demanda de boa parte da população e cobrar soluções para o problema de distribuição de energia elétrica, o deputado Aureo Ribeiro vai propor uma Audiência Pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.

Aureo e Leandro Portugal
Aureo e o vereador de Niterói, Leandro Portugal, em conversa na Aneel sobre problemas na tarifa de luz

“Hoje o morador sofre na pele pelo abuso do preço da energia elétrica e paga imposto até pelo furto de energia. Paga pelo subsídio oferecido pelo governo. Sempre quem paga a conta, que é cada vez mais cara, é o cidadão. E o serviço continua muito ruim”, afirmou o deputado.

Audiência pública para cobrar redução das tarifas

Aureo vai apresentar requerimento de audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor, para discutir o preço da energia paga pelo consumidor do estado do Rio de Janeiro, uma das tarifas mais caras da federação.

Serão convidados para a audiência representantes da Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), do Ministério da Justiça, do Ministério de Minas e Energia, além da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e representantes da Light e da Enel.

Niterói também terá audiência

O vereador de Niterói, Leandro Portugal, também irá propor audiência na Câmara de vereadores da cidade. Moradores reclamaram de preços abusivos nos últimos meses e casos em que as tarifas cobradas chegavam a apresentar aumento de 400%.

“Estive com representantes da Aneel em Brasília junto com o deputado Aureo para discutir as elevadas contas de luz que vem sendo cobradas em Niterói pela Enel. Infelizmente, não obtive nenhuma resposta satisfatória e plausível, além da mesma resposta de sempre, de que se trata do aumento progressivo do ICMS, ou seja, ao consumir mais, você passa de uma alíquota de 18% para 32%. Daí surgiu a ideia de promover uma audiência em conjunto na cidade de Niterói e outra na Câmara dos Deputados, para dar a devida resposta que os moradores merecem”, afirmou Leandro.

Aureo Ribeiro é o deputado que busca o diálogo para resolver questões coletivas. O mandato já promoveu diversas audiências públicas, para cobrar esclarecimentos e debater soluções para problemas que afetam o dia a dia das pessoas.