Nota sobre a operação das fake news

    Nota sobre a operação das fake news

    Como membro da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, na Câmara dos Deputados, parabenizo a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DCRI), ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e também ao Ministério Público do Rio de Janeiro pela atuação no combate aos crimes virtuais dessa operação.

    Há mais de um ano fiz a primeira denúncia contra essa quadrilha, afinal, a impunidade para esse tipo de crime não pode prevalecer. Ela pode até demorar, mas porque requer uma investigação cuidadosa e responsável por parte das autoridades judiciais. No fim, a gente entende que o resultado é justo.

    Você que sofre ou já sofreu com fake news, não desanime. Denuncie! A gente precisa parar de acreditar que a internet é terra sem lei e que podem utilizar as redes sociais para atingir a reputação, a honra e a dignidade de outra pessoa sem nenhuma responsabilidade.