Deputado Aureo apresenta projeto que pede a federalização do Arco Metropolitano

O Arco Metropolitano é uma importante rodovia, pois tem interseção com diversas outras vias de municípios da baixada fluminense, e cria condições favoráveis para a consolidação do comércio exterior fluminense por facilitar a logística do transporte de cargas. Paralelamente, aumenta a competitividade das indústrias instaladas no estado e é uma via alternativa às demais.

Como o Arco Metropolitano passou de solução para problema?

A atual crise pela qual passa o Estado do Rio de Janeiro fez com que o contrato de manutenção do Arco Metropolitano fosse suspenso em dezembro de 2016, levando risco para milhares de cidadãos que por ele passam diariamente. Levantamento da Firjan revela que uma carga é roubada a cada quatro horas na Baixada Fluminense. No Arco Metropolitano, o número de ocorrências de roubo de cargas disparou. A Firjan recebeu números do Instituto de Segurança Pública (ISP): em 2014, foram 47 roubos de carga; em 2015, 93; em 2016, 215, o que representa um crescimento de 457 %.

Qual a melhor saída?

A federalização da rodovia será importante para o Rio de Janeiro, uma vez que nem o estado e nem o Município de Duque de Caxias têm condições de realizar as melhorias necessárias. Por isso, apresentei um projeto de lei na Câmara propondo sua incorporação à União, para que possa receber recursos financeiros, inclusive, por emendas parlamentares.

Se os municípios por onde passa o Arco Metropolitano e o estado do Rio de Janeiro já assumiram que não possuem recursos para a manutenção e vigilância da via, não podemos deixar que um projeto tão importante para a baixada e para o Estado se deteriore. O Governo Federal precisa intervir.

Deputado Aureo em comissão sobre Arco Metropolitano

Deputado Aureo na Câmara legislativa de Duque de Caxias

O tema se arrasta há muito tempo, relembre que no ano passado, participei de Audiência Pública na Câmara de Duque de Caxias para debater este tema, clique aqui e saiba mais!