Pela manutenção dos empregos

    Pela manutenção dos empregos

    Pela manutenção dos empregos, não é momento de demitir. Se antes dessa pandemia, o índice de desemprego no nosso país já era um grande problema, imagine agora. Nessa crise que estamos vivendo, as dificuldades se intensificam, as contas apertam mais do que nunca e milhões de famílias ficam desamparadas.

    Pensando nisso, apresentei o projeto de lei 2746/20, na Câmara dos Deputados, que tem como objetivo preservar empregos. A ideia é prorrogar por cinco anos a possibilidade de dedução do Imposto de Renda da contribuição patronal à Previdência Social, por conta da pandemia.

    Acima de tudo, a manutenção dos empregos é essencial. As pessoas não podem ficar sem renda, ainda mais nesse momento de dificuldade e o número de desempregados não pode aumentar.

    Portanto, gerar emprego e renda é muito importante na retomada econômica do país, do seu Estado e da sua cidade. Mais importante ainda é pensar nas pessoas, na qualidade de vida de suas famílias e possibilitar a oportunidade de manter os empregos.

    Veja também: Confira o impacto da pandemia para os microempreendedores.

    Em razão do fechamento dos estabelecimentos comerciais, que impede o atendimento presencial, a venda online, seja pelo e-commerce ou por aplicativos, tem se mostrado uma opção para o pequeno empreendedor driblar a crise de alguma forma.

    Para você ter ideia, 10,1 milhões de empresas pararam de funcionar temporariamente, sendo 2,1 por decisão da empresa e 8 milhões por determinação de governo. Além disso, 602 mil empresas fecharam as portas recentemente por conta da crise do corona vírus. Todos esses dados foram levantados pelo Sebrae.