Projeto do deputado Aureo cria o cartão digital de vacinação
    Deputado Aureo em sessão na Câmara dos Deputados

    Projeto do deputado Aureo cria o cartão digital de vacinação

    Com a mudança, informações sobre lote da vacina e data de aplicação poderão ser acessadas até pelo smartphone

    Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
    Audiência pública para discutir o novo plano
    Aureo lembra que as grandes endemias são hoje um dos maiores desafios à saúde pública

    A Câmara dos Deputados analisa a criação do Cartão Digital de Vacinação, que será administrado pelo Ministério da Saúde e reunirá informações sobre o lote, o fabricante, bem como o local e a data de aplicação da vacina.

    Pelo texto, as informações serão inseridas tanto pelo sistema público quanto pelo privado de vacinação e deverão estar disponíveis para consulta na internet e em smartphones.

    A criação do cartão digital está prevista no Projeto de Lei 6917/17, do deputado Aureo (SD-RJ). Ele argumenta que a maioria das doenças endêmicas decorre de condições precárias de vida, como a falta de saneamento básico, e de falhas no planejamento e no controle do processo de vacinação.

    “O objetivo do cartão digital de vacinação é otimizar ações sanitárias, conscientizando a população e racionalizando a compra de vacinas”, disse.

    O projeto prevê que o Ministério da Saúde deverá utilizar as informações do cartão digital para planejar campanhas de conscientização e aquisições de vacinas.

    Tramitação
    O projeto deverá ser analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. No entanto, há requerimento de urgência para que o texto seja votado diretamente em Plenário.

    ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

    Reportagem – Murilo Souza
    Edição – Natalia Doederlein

    A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias