Aureo Lídio Moreira Ribeiro, foi eleito em 2010 deputado federal, exercendo seu primeiro mandato eletivo e reeleito em 2014 com expressivos 58.117 votos.
Nasceu na cidade de Duque de Caxias. Casado com Aline, pai de Gabriel e Alice. Aos 12 anos já trabalhava e aos 16, abriu sua primeira Empresa. Hoje é conhecido no meio empresarial como um empreendedor que construiu uma trajetória de sucesso. Membro da Igreja Metodista, participou voluntariamente da direção de toda Rede Social da Igreja Metodista do Estado do Rio de Janeiro, onde contribuiu com sua capacidade administrativa e empreendedorismo para o crescimento dos trabalhos sociais da Igreja. Foi durante o desenvolvimento desses trabalhos que percebeu que poderia fazer mais pela sociedade, e pela primeira vez, candidatou-se a um cargo público. Aureo não só foi eleito, como foi o candidato mais bem votado da coligação, “Unidos Pelo Rio”.
Logo que chegou à Câmara Federal, criou a Frente Parlamentar em Defesa da Vida, Contra a Legalização do Aborto, do qual é Vice-Presidente.
Foi indicado, pelo presidente da Câmara dos Deputados, para ocupar a vaga no Conselho Consultivo da Anatel na vaga da Câmara dos Deputados por sua atuação na Comissão de Ciência e Tecnologia nos anos anteriores. Instalou a Frente Parlamentar Mista em Defesa das Telecomunicações com a participação de deputados e senadores, cujo objetivo é buscar uma maior infraestrutura para o setor e promover o aprimoramento da legislação federal sobre o tema. A Frente Parlamentar também busca melhorar o acesso da população à telefonia móvel, maior cobertura por parte das Operadores para municípios onde o sinal ainda não chegou e maior acesso à internet para todo brasileiro.

Participou da Comissão Especial de Políticas Públicas para o Combate às Drogas e Comissão Especial de Estudos do Abuso de Bebidas Alcoólicas.
Na comissão de Combate às Drogas coordena diversas ações no Estado do Rio de Janeiro na área de prevenção, tratamento e reinserção social.
É autor da Emenda ao novo projeto de Lei 7663, de 2010 que define condições de atendimento aos usuários, diretrizes e formas de financiamento das políticas públicas sobre drogas, além da possibilidade de internação voluntária em comunidades terapêuticas.
O Artigo 25 passa a viger determinando que poderá ser empregado qualquer aparelho homologado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO – para determinar se o condutor do veículo automotor está utilizando substância psicoativa que determine dependência.
Também apresentou inúmeros projetos de lei para proteção social da juventude e da criança.

Eleito, por unanimidade, Líder da Bancada do Partido para o ano de 2017, foi um dos fundadores do Solidariedade que tem como bandeira a defesa não só dos trabalhadores e aposentados, as causas trabalhistas, mas principalmente defender a indústria nacional e o setor produtivo garantindo assim a manutenção do mercado de trabalho.