You are currently viewing Congresso instala Frente Parlamentar Mista para refugiados e ajuda humanitária
Congresso Nacional.

Congresso instala Frente Parlamentar Mista para refugiados e ajuda humanitária

Tendo o deputado federal Aureo ( Solidariedade/RJ) como membro e fazendo parte da Direção, a Câmara dos Deputados instalou a Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária. A Frente é composta por deputados e senadores, sob a presidência do deputado Leonardo Quintão, de Minas Gerais.

Mais do que uma representação parlamentar para discutir políticas públicas de acolhimento a refugiados e ajuda humanitária, a Frente está sendo encarada por seus dirigentes como uma missão de interação entre Instituições como ONU, Ministério das Relações Exteriores e Governos de vários países como Jordânia, Coreia do Norte, Paquistão e Quênia. Este último, palco de uma recente tragédia, onde jovens cristãos que participavam de um culto de louvor e adoração foram trancados e assassinados em uma Universidade.

Os membros da Frente estão visitando as Embaixadas dos países que estão sofrendo com o que já se intitula de – genocídio de cristãos, oferecendo apoio, mas principalmente, falando da liberdade e tolerância religiosa que se vive no Brasil. Para Aureo, a questão maior está em encarar que o problema ultrapassa fronteiras, línguas, culturas e religiões. Famílias e comunidades estão sendo dizimadas pelo Estado Islâmico e outras facções radicais que podem se instalar em qualquer país. – Só na Jordânia, falamos em 72 mil crianças órfãs. Os grupos radicais destroem o que há de mais sagrado: famílias e a dignidade de comunidades inteiras.

Quando não as obrigam a fugirem em embarcações sem nenhuma segurança, vítimas do tráfico humano. Estamos assistindo com apreensão e comoção as quase duas mil vítimas que morreram na tentativa de fuga da África para a Europa. É um tema que está acima de partidos e política. Um tema delicado que, como cristão, não posso deixar de contribuir, explica Aureo.

A Frente pretende se juntar a cerca de outros 40 parlamentares de diversas nacionalidades na busca de uma maior cooperação entre os Governos.