You are currently viewing Proposta para auxílio voltar a ser de 600 reais
Auxílio

Proposta para auxílio voltar a ser de 600 reais

Com certeza você conhece alguém que tenha precisado usar o auxílio emergencial no ano passado. Milhões de pessoas saíam cedo de casa, enfrentavam filas quilométricas nas agências bancárias, e já iriam direto para um supermercado, por exemplo, para fazer suas compras básicas. Só quem recebeu o auxílio emergencial neste período de crise sabe da importância que 600 reais fizeram no dia a dia de suas famílias.

Aliás, o auxílio emergencial não é um favor do governo federal para com os que precisam receber. Esse valor é um alívio para o cidadão brasileiro que está enfrentando uma pandemia. Não há empregos, as pessoas não estão conseguindo comprar o básico para se alimentar, vestir e morar. Uma Nação é feita por pessoas. Se o povo sofre, de que adianta termos um governo que arrecada e não supri o necessário para dar dignidade a esse povo?

Depois da publicação da Medida Provisória n. 1039, de 2021, o governo instituiu o “Auxílio Emergencial 2021”. Por essa medida, o recebimento do auxílio está limitado a um beneficiário por família e, no caso de mulher provedora de família monoparental, é devido, mensalmente, o valor de R$ 375,00, enquanto na hipótese de família unipessoal, o valor do benefício é de R$ 150, 00 mensais. Valores insuficientes para prover as mínimas condições de sustento para uma família.

Projeto de lei 1895/2021

Como forma de amenizar os efeitos do Custo Brasil, apresentei o Projeto de Lei 1895/2021, junto com toda bancada federal do Solidariedade, para que o auxílio emergencial volte a ser de 600 reais na tentativa de proteger a renda das pessoas e garantir a segurança alimentar das famílias.

Ainda não é o ideal, mas é próximo do valor médio de uma cesta básica nas principais capitais do país, o que garantiria, ao menos, o mínimo necessário para a alimentação de uma família. Além disso, vamos gerar impactos positivos na economia, já que boa parte dos recursos do auxílio emergencial retornam aos cofres públicos por meio da arrecadação de impostos.

Se você apoia esse projeto para que o auxílio emergencial volte a ser de 600 reais, compartilhe com seus amigos e familiares. Sua participação é fundamental e juntos podemos fazer a diferença na vida das pessoas.

Como retomar os empregos na pandemia?